Brechó Tour #1 - Ipiranga {SP} (ou, 8 brechós baita massa pra você renovar o guarda roupa)

domingo, julho 23, 2017

Olá, meus cheirosos e cremosos! Tô bem de volta por um motivo especial: Tem brechó tour!

via GIPHY

Faz algum tempo já que eu tenho procurado conteúdo sobre brechós na internet, em especial em blogs e no YouTube, mas pra minha decepção, nada era e x a t a m e n t e o que eu tava procurando; ou seja, bem detalhado e com excesso de informações até. Como diz o ditado, se você quer algo bem feito, faça você mesmo então LÁ FUI EU acompanhada de Carlicórnio fazer um tour SINISTRO por 11 brechós aqui em São Paulo. Infelizmente só conseguimos ir em 8 da minha lista, mas isso dá um gás pra continuar na busca e trazer mais conteúdo :)
Edit 1: Eu pretendo fazer disso uma série, mas não tenho certeza se vou conseguir. Espero que sim!

Edit 2: No final do post tem o vídeo com a nossa tour e o resultado do desafio sai em breve.

Edit 3: Notei que existe uma diferença entre bazar x brechó. O bazar geralmente é beneficente, de alguma instituição que reverte o dinheiro recebido pra alguma causa. Os preços são muito baixos porque as peças vêm de doação. O brechó tem uma pegada mais de compra e revenda de roupas usadas ou semi-novas.

  • Bazar MAESP - av. do cursino, 377
É um dos bazares mais baratos que a gente foi. Tem bastante roupa feminina e masculina, principalmente de frio, mas acredito que é por causa da época do ano. Tem brinquedo, bolsa, acessório, livro, mas nada em grandes quantidades. Tem coisa muito boa e coisa mais ou menos.

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
8/10. Não tinha muita peça manchada ou estragada.

• IDADE DAS ROUPAS:
9/10. Tem bastante roupa atual! Não é nada muuuuuito velho. Mas tem coisas mais antigas, tipo um VHS :)

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
5/10. Apesar de usar um tamanho fácil de achar (40/42), percebi que o máximo é até aí, tanto nesse quanto nos outros brechós. Pra quem usa mais do que 46 provavelmente é um desafio maior, porque as peças são bem pequenas.

• ACESSIBILIDADE:
Fica no meio da Av. do Cursino, é bem fácil de chegar de metrô/ônibus. Quanto à acessibilidade pra cadeirante, não é das melhores, mas o espaço é circulável.

• PREÇOS:
10/10. Peças bem baratas, na média de R$5.

• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó bagunça-organizada. É meio bagunçado, tem bastante coisa pra garimpar, mas na medida do possível dá pra se virar.

• PROVADOR:
Um biombo daqueles antigos, serve? Serve, uai.

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Sem choro, nem vela. Os preços já são mínimos, não existe desconto.

• FORMA DE PAGAMENTO:
Dinheiro e cartão de débito :)

• ATENDIMENTO:
9/10. Todo mundo simpático e solícito, menos uma mocinha.

  • NICE BRECHÓ - r. tupanaci, 194
Bem baratinho também e provavelmente o mais organizado de todos! Tem bastante variedade de roupas femininas, masculinas não muito. Sapatos e bolsas tem bastante também :)

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
10/10. Na minha opinião, tinha as roupas em melhor estado de todos.

• IDADE DAS ROUPAS:
9/10. Tem bastante roupa atual também, mas é brechó, sempre tem uma coisinha aqui ou ali que não é muito nova.

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
5/10. Mesma história dos outros. Tamanhos acima do 46 são raridade.

• ACESSIBILIDADE:
Eu e Carla fomos a pé e, honestamente, não é o caminho mais fácil. Não sei dizer se passa ônibus por ali, mas do metrô é uma boa caminhada. Pra cadeirante não é o melhor espaço, tem degraus e os corredores são curtinhos.

• PREÇOS:
8/10. Peças baratas, na média de R$12.

• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó organizado. Pro meu gosto não tem muuuuita peça garimpável, mas tem uns achados incríveis como a jaqueta do vídeo.

• PROVADOR:
Tem sim, bem bonitinho.

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Dá pra negociar sim :)

• FORMA DE PAGAMENTO:
Dinheiro, somente.

• ATENDIMENTO:
10/10. Tomamos até aguinha.

  • Brechó King Family - R. gama lobo, 2158
A minha maior decepção. Quando vi esse pela internet, fiquei super animada porque parecia ser um dos melhores. Infelizmente, não foi tão bom.

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
9/10. As peças eram boas, todas já estavam lavadas, a maioria em bom estado.

• IDADE DAS ROUPAS:
7/10. Tem muita coisa com cara de anos 90, mas aquela parte dos anos 90 que a gente quer esquecer. Não foi meu favorito.

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
-/10. Honestamente não olhei muito os tamanhos nesse, mas pelo tamanho do acervo ACREDITO que existam algumas peças de tamanho maior, mas sem promessas.

• ACESSIBILIDADE:
Fica a poucos minutos do metrô, um dos mais fáceis de chegar, porém nada bom para cadeirantes também. Corredores estreitos e escadas.

• PREÇOS:
3/10. O mais caro que a gente foi. Média de R$30.

• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó bagunça-gourmet, hahahaha. Na verdade, é bem organizado, mas a disposição/estética não ajuda, assim como os preços. Tinha uma bolsa da "Chanel" por R$400. Aí não dá pro proletariado, né mores.

• PROVADOR:
Não vi.

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Mais ou menos.

• FORMA DE PAGAMENTO:
Não cheguei a perguntar, mas acredito que dinheiro e débito.

• ATENDIMENTO:
6/10. Não foram mal educados, mas rolou uma certa pressão de insistência de compra. Uma pena.

  •  IHDI - r. lord cockrane, 505
O melhor de todos, por muitos motivos mas o principal deles, é o bem que eles fazem :) Fui sem expectativa nenhuma e saí surpresa e feliz. A quantidade de peças femininas x masculinas é mista e tem pouquinho sapato. O acervo não é grande no geral, mas tem coisa boa. Muito jeans!

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
6/10. É o que tinha as roupas mais surradinhas, mas indo com coragem dá pra achar coisa boa. 

• IDADE DAS ROUPAS:
9/10. As roupas são atuais, sim. 

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
7/10. Foi onde achei a maior quantidade de calças jeans com tamanhos maiores (54, 56...)

• ACESSIBILIDADE:
A Lord Cockrane não é difícil de chegar, apesar de ser um pouquinho longe do metrô Sacomã. Já a acessibilidade pra cadeirantes é impossível. É impossível pra maioria das pessoas, na verdade hahahah 
• PREÇOS:
10/10. Comprei uma calça jeans, uma camisa jeans e uma cortina. POR SEIS REAIS. E tudo em bom estado. É de R$0,50 a R$5, no máximo!

• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó bagunça-total. Boa sorte no garimpo.

• PROVADOR:
Nunca vi, nem comi, eu só ouço falar. Consegui experimentar a calça porque só tinha eu, Carla e a senhora do brechó lá e porque eu sou treinada em trocar de roupa como se tivesse no BBB. Faço isso por esporte.

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Bicho, deixa disso. Coisa a R$2, dinheiro sendo revertido pra assistência social e tu querendo desconto? Misericórdia.

• FORMA DE PAGAMENTO:
Dinheiro.

• ATENDIMENTO:
12/10. Melhor atendente do mundo. Simpática, solícita, amor de pessoa mesmo.

  • Brechó Shallom - r. clemente pereira, 573
Um que me decepcionou também, mas porque fui com expectativas muito altas, infelizmente. É um bom brechó, só não ganhou meu coração como eu esperava. Tem MUITA peça feminina de todo tipo, desde roupa casual até fantasia. Sapatos tem poucos, mas todos em bom estado. Tem fantasia e até roupa de festa! A moça que atendeu a gente disse receber muita jaqueta jeans (nosso alvo), mas a gente foi num dia que só tinha 2.

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
10/10. As melhores roupas estão ali. Não vi nada rasgado, furado, manchado, nada! E peguei bastante coisa na mão, além de experimentar algumas mais. 
• IDADE DAS ROUPAS:
8/10. Você quer anos 80, @? Tem bastante coisa antiguinha, mas tem coisa atual também.

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
8/10. O acervo é grande, tem uma variedade grande de tamanhos. Mas nada muito acima do 56/58.

• ACESSIBILIDADE:
É uma travessa da Silva Bueno (se não me engano), o que torna o acesso fácil de ônibus. Infelizmente, mais uma vez, nada fácil pra cadeirantes porque é bem bagunçadinho, especialmente no fundo da loja.

• PREÇOS:
7/10. As peças são um pouco caras em termos de brechó. São de boa qualidade, mas no meu conceito, estão um pouquinho acima da média. Em torno de R$30. 
• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó bagunça-organizada. Mas mais bagunça do que organizada hehehe

• PROVADOR:
Tem, e você divide o espaço com a bagunça.

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Não muita. Dá pra desmembrar conjuntos e levar coisas isoladas, mas não é o melhor pra negociar não.

• FORMA DE PAGAMENTO:
Dinheiro.

• ATENDIMENTO:
7/10. Foi meio estranho, sabe? A moça ficou conversando com outra mulher durante o atendimento e não mostrou muito interesse ou pro-atividade no geral.

  • Brechó Lavé Tá Nouvelle - r. oliveira Alves, 721
Uma surpresa feliz também! Pelo nome achei que seria o mais caro, mas tem os preços bem justos! O espaço é bem bacana, porque além de brechó tem uma balada, lounge e palco na parte de trás e depois do expediente de brechó, rolam umas festinhas. Tem bastante peça feminina, algumas masculinas e alguns sapatos/acessórios. Atenção especial pros cintos, que achei os melhores de todos os brechós. Ah, achei minhas duas jaquetas jeans lá! Foram achados MESMO, as duas últimas da loja.

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
10/10. Não vi nada ruim. Todas as peças que peguei estavam em boas condições, sem manchas, furos, rasgos, mal cheiro, nada.
• IDADE DAS ROUPAS:
8/10. É uma mistura do Brasil com Egito entre coisas mais atuais e mais datadas.

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
6/10. Seis de dez porque achei uma calça 52? Mas ela serviu em mim?

• ACESSIBILIDADE:
É uma travessa da Silva Bueno também, mas beeeeem no alto dela. Passa ônibus ali perto!

• PREÇOS:
8/10. Não é baratíssimo, mas os preços são justos. A média é de R$7.
• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó bagunça-organizada. Tem umas coisinhas perdidas aqui e ali, mas no geral é tudo organizadinho. Uma das melhores infraestruturas entre esses brechós que fomos, na minha opinião.

• PROVADOR:
Tem sim, bem arrumadinho. O melhor de todos.

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Não tentei negociar porque os preços são tabelados por categoria.

• FORMA DE PAGAMENTO:
Dinheiro.

• ATENDIMENTO:
10/10. A moça que atendeu a gente foi mega solícita e simpática também :)

BONUS ROUND!!!

No meio do caminho encontramos mais dois brechós que estavam fora da lista, mas que fizeram seus nomes e vieram parar aqui.

  • Brechó Beneficente Lar Chico Xavier - r. lord cockrane, 594
Depois de sair do bazar do IHDI, descendo a rua achamos esse outro bazar. Foi uma boa surpresa porque tem bastante coisa legal e além de roupas, LIVROS. Aquele da Marie Kondo, sabe? Da arrumação? R$4. Não trouxe pois infelizmente acho que vai justamente de encontro oposto com o hábito de comprar em brechós, acúmulos etc. RISOS. Tem só roupa feminina, alguns sapatos e livros, livros, livros.

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
7/10. O mais fraquinho nesse aspecto. Tinha bastante roupa machucada, manchada, furada etc.
• IDADE DAS ROUPAS:
9/10. Não é nada veeeeeeeeeeeeeeelho, não. Só não está no melhor estado. Tinha uma jaqueta perfecto, por exemplo, mas estava com o braço rasgado.

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
3/10. É um acervo pequeno, logo não tem variedade. Os tamanhos são limitados.

• ACESSIBILIDADE:
A Lord Cockrane não é difícil de chegar, apesar de ser um pouquinho longe do metrô Sacomã. Já a acessibilidade pra cadeirantes é impossível. É impossível pra maioria das pessoas, na verdade hahahah

• PREÇOS:
10/10. Bem baratinho, a partir de R$0,50, mas a média é de R$5.

• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó bagunça. Bem bagunça

• PROVADOR:
Tem um banheiro onde você pode provar as peças e um espelho do lado de fora. Bem de boas.

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Dá negócio sim, viu.

• FORMA DE PAGAMENTO:
Dinheiro.

• ATENDIMENTO:
10/10. Um senhor bem simpático nos atendeu.

  • Brechó da Maria/Orlando - r. silva bueno, altura do nº 1930
Que loucura esses brechós, minha gente. Achamos no meio do caminho também, e fomos atraídas pelo sonho da jaqueta própria, risosssssss. Infelizmente o da Maria é bem fraquinho, tem pouca roupa e tudo mais ou menos, mas o do Orlando... Meu anjinho... Que loucura. 35 MIL PEÇAS. TÁ BOM PRA VOCÊ, @? As informações abaixo são em relação ao Brechó do Orlando.

INFOS ESPECIAIS:

• QUALIDADE DAS ROUPAS:
7/10. Tem muita coisa boa, mas tem muita coisa mais ou menos também.
• IDADE DAS ROUPAS:
9/10. Bicho, é tudo praticamente novo. É assustador.

• VARIEDADE DE TAMANHOS:
???/10. É um acervo GIGANTOTESCO. Eu não faço a menor ideia da extensão de tamanhos que ele tem. Mas se você pedir, ele tem. Eu tenho certeza.
• ACESSIBILIDADE:
A Silva Bueno é uma rua principal, fácil de chegar e tal. Agora, esquece o brechó do Orlando se você for cadeirante. Além das escadas, você tem que entrar com uma retroescavadeira pra conseguir sobreviver no meio de tanta roupa. É sufocante, quase.

• PREÇOS:
5/10. Pô, aí Orlando pesou pra nós. A média é de R$50 (o mais caro :/) mas as peças são incrivelmente boas. Semi-novas no melhor sentido da palavra. 
• TIPO DE BRECHÓ:
Brechó bagunça. Baguncíssima. Nivel acumuladores. Nível por favor alguém chame ajuda acho que o braço daquela jaqueta acabou de me abraçar sozinho.

• PROVADOR:
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK TA LOUCO?????

• FACILIDADE DE NEGOCIAÇÃO/DESCONTO:
Se for com jeitinho, quem sabe. Ou se fizer uma compra grande.

• FORMA DE PAGAMENTO:
Dinheiro, provavelmente.

• ATENDIMENTO:
10/10. Apesar de não ser o melhor brechó para compras, sr. Orlando foi DEEEEEEEEEEZ. Muito engraçado e gente boa, solícito pacas e muito honesto em relação ao formato de trabalho dele. Foi uma experiência, no mínimo, divertida.

via GIPHY

MEU DEU DU CEU BRAZILIANS, QUE POSTZÃO. EU TÔ CANSADA. Depois de todo esse trabalho eu quero no mínimo 10 mil like SE VIRA COMPRA BOT AÍ QUE EU QUERO SER APRECIADA, JÁ!!!

Eu espero que vocês aproveitem essas infos e gostem desse tipo de post, porque apesar do trabalhão, eu adorei fazer :) Aqui embaixo tem o vídeo e como já disse lá em cima, logo sai a parte 2 com as compras/looks/desafio!



É isso mia gente! Beijo no cuore, até mais! ❤ 

posts recomendados pra você :)

0 comentários

deixa aí pra mim o que achou! sua opinião é importante pra melhorar. críticas construtivas ou destrutivas também (mas vai com calma na destrutiva que eu tenho a baixo-estima alta). se quiser deixar o link do seu blog, fique à vontade, prometo que vou retribuir o comentário :D

p.s. por favor, só comente se realmente ler a postagem, ok?